VIFF40 – Souad

O filme conta a história de duas irmãs e sobre como cada uma lida com o conservadorismo do Oriente Médio. Souad vive de um jeito quando está com sua família, mas quando está longe deles ela se comporta de uma maneira completamente diferente. Após uma tragédia, sua irmã Rabab segue uma viagem em busca de respostas.

A questão da religião é muito bem representada aqui, ambas as irmãs encaram o hijab como uma máscara que elas usam para enganar sua família, e a sensação que fica é que elas só são elas mesmas nos momentos sem ele. Não entendo sobre a religião e o ponto aqui não é se ela é errada ou não, mas a forma como ambas encaram esse conservadorismo é um dos pontos importantes do filme e merecem ser discutidos.

Porém, ao focar nas relações dos jovens com as redes sociais, o filme toma um tom enfadonho e se transforma em um tipo de propaganda contra a internet, o que soa hipócrita visto que foi feito para criticar esse tipo de julgamento e conservadorismo.

No fim, ao escolher fazer do filme um aviso sobre os perigos da rede social, Souad acaba tendo um aprofundamento raso sobre o impacto da religião na personalidade dos que se veem oprimidos pela mesma.


É DO SEU INTERESSE